segunda-feira, dezembro 10, 2007

"se existirem alguns céus minha mãe teria (só seu) o seu. Não seria um céu amor-perfeito nem um frágil céu de lírios-do-vale porém sim seria um céu de rubronegras rosas meu pai estaria (rosa de cheirorosa de talo) pertinho de minha (pendendo sobre o seusilencioso) com olhos que são mesmo pétalas e vêm nada com a face de um poeta mesmo que é uma flor e não uma face com mãos que sussurram Céus é meu bem-amado bem (subitamente ao solele vergará& o jardim inteiro vergará)"
(e.e.cummings)

Um comentário:

Lu Arrais disse...

Nooossa! Vou roubar essa imagem aqui debaixo hein! *_*

Saudade!!!

Besos