sábado, novembro 11, 2006



Para a menina mais rara que cruzou meu caminho.






"Pela marca que nos deixa
A ausência de sol que emana das estrelas
Pela falta que nos faz
A nossa própria luz a nos orientar
Doido corpo que se move
É a solidão nos bares que a gente frequenta
Pela mágica do dia
Que independeria da gente pensar
Não me fale do seu medo
Eu conheço inteira sua fantasia
E é como se fosse pouca
E a tua alegria não fosse bastar
Quando eu não estiver por perto
Canta aquela música que a gente ria
É tudo que eu cantaria
E quando eu for embora, você cantará"

(Oswaldo Montenegro, Estrelas)

3 comentários:

Camila disse...

So vc rara pra tirar meus sorrisos snceros e nao forçados ^^
te amoooooooooooooo

disse...

ai que lindo!

Carlos disse...

muito bonitinha a foto.. e a letra do oswaldo