quarta-feira, abril 05, 2006

pense em me jogar em qualquer precipício...

Violins - Novo Organon

veja é tempo de tentar mudar
se você me disse pra onde ir
eu concordo em dizer obrigado
eu concordo em dizer a verdade
eu lhe beijo com a chuva nos olhos
eu suporto os seus sonhos tão simples
eu entendo os seus leves enganos
e eu ouso dizer que lhe amo
se você me procurar
lembre-se que estou com um sorriso mais preciso
sem a tristeza séria dos maridos e com a indiscrição,
indiscrição dos sentidos
com cabelo mais comprido
com a certeza certa dos antigos
e com a impefeição,
imperfeição dos amigos
eu ando sob um céu diferente
então perca o seu juízo
perca um pouco o seu valor em qualquer bar vá,
pense em me jogar em qualquer precipício
qualquer beijo ou prejuízo que eu deixar está perdoado
até você receber a notícia de que eu sou a malícia no seu ar lá,
onde o amor está






E as mil e uma voltas do meu sorriso pra acordar meu medo e me levar pra longe daqui...
Eu sonhei com um dia mais azul numa paleta que nunca vai ter outras cores fora o preto e o branco, e num otimismo que adoece, o cinza pra pintar seus olhos na parede da minha memória...É certamente o quadro que dói mais...

Um comentário:

Luana Arrais disse...

O blog tá lindo...sinceramente, gostei bastante!